26 Maio 2008

Sinais e Sintomas da Diabetes Mellitus

A tríade clássica dos sintomas da diabetes é poliúria (pessoa urina com frequência), polidipsia (sede aumentada e aumento de ingestão de líquidos), polifagia (apetite aumentado). Pode ocorrer perda de peso. Estes sintomas podem se desenvolver bastante rapidamente no tipo 1, particularmente em crianças (semanas ou meses) ou pode ser subtil ou completamente ausente — assim como se desenvolver muito mais lentamente — no tipo 2. No tipo 1 pode haver também perda de peso (apesar da fome aumentada ou normal) e fadiga. Estes sintomas podem também se manifestar na diabetes tipo 2 em pacientes cuja diabetes é má controlada.
Quando a concentração de glicose no sangue está alta (acima do limiar renal), a reabsorção de glicose no túbulo proximal do rim é incompleta, e parte da glicose é excretada na urina (glicosúria). Isto aumenta a pressão osmótica da urina e consequentemente inibe a reabsorção de água pelo rim, resultando na produção aumentada de urina (poliúria) e na perda acentuada de líquido. O volume de sangue perdido será reposto osmoticamente da água armazena das células do corpo, causando desidratação e sede aumentada.
Quando os níveis altos de glicose permanecem por longos períodos, ocorre a absorção de glicose e isto causa mudanças no formato das lentes dos olhos, levando a dificuldades de visão. A visão borrada é a reclamação mais comum que leva ao diagnóstico de diabetes; o tipo 1 deve ser suspeito em casos de mudanças rápidas na visão, ao passo que o tipo 2 geralmente causa uma mudança mais gradual.
Pacientes (geralmente os com diabetes tipo 1) podem apresentar também cetoacidose diabética, um estado extremo de desregulação metabólica caracterizada pelo cheiro de acetona na respiração do paciente, respiração Kussmaul (uma respiração rápida e profunda), poliúria, náusea, vómito e dor abdominal e qualquer um dos vários estados de consciência alterados (confusão, letargia, hostilidade, mania, etc.). Na cetoacidose diabética severa, pode ocorrer o coma (inconsciência), progredindo para a morte. De qualquer forma, a cetoacidose diabética é uma emergência médica e requer atenção de um especialista.
Um estado raro, porém igualmente severo, é o estado não-cetótico, que é mais comum na diabetes tipo 2, e é principalmente resultante da desidratação devido à perda de líquido corporal. Frequentemente o paciente tem ingerido quantidades imensas de bebidas contendo açúcar, levando a um ciclo vicioso em consideração à perda de líquido.

8 comentários:

Anónimo disse...

Tenho quase certeza que meu pai tem diabetes...Minha avó (mãe do meu pai) tinha diabetes, mas num sei o tipo.Meu pai, mais de 60 anos, tem apresentado algum desses sinais.Tem muita sede, vai ao banheiro com frequencia, acredito que seja fruto da sua ingestão violenta de liquidos dos mais variados como agua muito gelada, refrigerantes, sucos, qualquer coisa que se beba.Não pratica nenhum esporte fisico.Também tem perdido peso ultimamente e dorme muito mal à noite, além de adorar tudo que tem muito teor de açucar.Ele ainda tem um agravante muito sério, nunca vai a médico algum!Ele diz que não precisa, que é saudavel, mas nós aqui em casa temos certeza de que não vai porque tem medo!Falar sobre esse assunto com ele ainda é um tabu, como se fosse pecado ou coisa assim.
Queria saber qual a sua opinião sobre esse caso.Como faço pra mudar essa situação se nem ao menos um exame de sangue sem compromisso ele se dispõe a fazer??
Agradeceria se me respondesse para esse email: israelherald@hotmail.com
Obrigado.
Israel Ben Herald

Anónimo disse...

Não consigo entender nos dois tipos de diabete Mellitus descreve que a perda de peso, minha glicose esta eleveda (149mg/dL) mas não tenho perda de peso, pelo contrário estou sempre aumentando ele. Será que alguém pode me explicar?

tita disse...

tenho urinado com frequencia pode se um dos sintomas como eu posso combatelo.
me respoda meu email;nilltondias@hotmail.com

HENRIQUE TADEU DE BARROS disse...

Estou muito curioso e apreensivo. Meus exames clínicos há algum tempo tem revelado um nível de glicose variando de 100 mg/dl e o último feito em março/2012 apresentou 111.
Os resultados do exame de hemoglobina glicada sempre apresentou inferior a 6% e o último foi de 5,9% com uma média de glicose, nos últimos três meses foi de 122 mg/dl. Eu pergunto: estou entrando no estado de pré-diabetes?

Henrique Tadeu de Barros
henriquetadeudebarros@hotmail.com
Belo Horizonte/MG
Em 31/05/2012

Anónimo disse...

descobri que tenho diabetes tipo 2a mais o menos quatro anos e não dei muito importancia,mais este ano comecei a sentir varios sintomas estranhos tipo nauseas,visão turva,engordei muito uns 20kilos,sem falar que meu libido diminuio,comecei a fazer caminhada por uma hora.

Anónimo disse...

há um ano descobrimos que o meu filho
esta c diabetes tipo um ,mais ele é um o meu herói e esta matando um leão por dia, me orgulho dele.



Kamé Adania disse...

Bom dia meu nome é Paulo. Percebi que tenho urinado nas madrugadas mais que o normal. Sendo que durante o dia, minha frequênca de ir ao banheiro é pouca devido ao trabalho, (sou professor) Somente nessa madrugada dia 01.08.2013 urinei 4 a 5 vezes. É sintoma de diabetes tipo 2?
Ficarei muito agradecido se puder me esclarecer a minha dúvida,

Anónimo disse...



VOU MIJAR TODA HORA ,MUITA SEDE,SERA QUE TENHO ESTA MERDA DE DIABETE, ENTÃO ESTOU FODIDO.